Plataformas de automação de marketing: funcionalidades mais importantes

categoria

Referências de mercado

autor

Lynda Lourenço e Faro

tags

B2B, B2C

Qualquer negócio que esteja a desenvolver uma estratégia digital no âmbito da geração de leads será confrontado, em algum momento, com a necessidade de utilizar plataformas de automação de marketing.

Na verdade, a automação de processos está cada vez mais presente nos negócios. Ao programarmos um software que obedeça a determinadas funções do tipo “if-then”, por exemplo, estamos a otimizar em grande escala a eficiência dos processos ao mesmo tempo que reduzimos custos com recursos técnicos e humanos e libertamos tempo às equipas para se dedicarem a outras tarefas que não podem ser automatizadas, como é o caso da definição ou otimização da estratégia.

Cabe aos líderes das empresas definir quais os objetivos a alcançar tendo em consideração os objetivos do próprio negócio. Mas primeiro, é importante esclarecer o conceito de automação de marketing, quais as suas vantagens e, por último, perceber quais as funcionalidades mais importantes de uma plataforma de automação de marketing.

 

O que é a automação de marketing?

A automação de marketing é uma tecnologia que permite administrar e mecanizar todos os processos relacionados com a angariação, enriquecimento e relacionamento com leads.

Desta forma, as plataformas de automação de marketing devem estar devidamente preparadas para rastrear toda a interação da lead no website e em outros pontos de contacto (como por exemplo as redes sociais e as newsletters) para que, numa fase seguinte, seja possível mecanizar os processos respeitando os interesses dessa lead e saber em que estágio do processo de compra se encontra.

 

Vantagens de utilizar plataformas de automação de marketing

O seu negócio pode beneficiar da automação de marketing de várias formas. Contudo, existem três coisas que deve ter em conta: o seu modelo de negócio, os seus objetivos de negócio e os recursos que a sua empresa dispõe (recursos humanos especializados).

Neste sentido, e de uma forma muito geral, enumeramos as principais vantagens da utilização de plataformas de automação de marketing para os negócios. São elas:

  • Promoção do relacionamento entre marca e cliente com menos recursos humanos;
  • Acompanhamento das leads no seu processo de compra detetando automaticamente os fluxos de maior interesse;
  • Qualificação de leads de uma forma automatizada;
  • Otimização da canalização de investimentos.

 

Saiba como pode o seu negócio beneficiar da automação de marketing
 

 

Plataformas de automação de marketing: como escolher?

Escolher uma plataforma de automação de marketing que responda a todas as necessidades da estratégia digital de geração de leads do seu negócio não tem de ser um bicho de sete cabeças.

Neste sentido, e enquanto consultora especialista em transformação digital, a Impacting Digital realizou uma análise comparativa das funcionalidades das seguintes plataformas de automação de marketing:

Esta seleção foi feita tendo em conta a notoriedade das plataformas em Portugal assim como a sua acessibilidade relativamente ao custo de utilização.

A seguir, e tendo em conta esta análise comparativa enumeramos as vinte funcionalidades que deve ter em conta aquando da escolha da um plataforma de automação de marketing.

 

20 funcionalidades mais importantes

1. Contactos e Empresas

Esta funcionalidade permite recolher, organizar, armazenar e gerir informações sobre contactos. É o ponto de partida para a criação de uma base de dados.

2. Classificação dos Contactos

Conforme as interações do contacto é atribuída uma pontuação que permite perceber qual o seu nível de interesse, e assim, identificar em que estágio da buyer’s journey se encontra esse contacto.

3. Atributos

Um atributo é uma informação de um contacto. O nome, o apelido, o e-mail, a idade, entre outros, são considerados atributos. As plataformas de automação de marketing devem possibilitar a edição destes atributos, quer por contacto quer por campanha.

4. Segmentos

A possibilidade de criar segmentos é uma condição imprescindível para as plataformas de automação de marketing. Os segmentos são grupos de contactos, devidamente distribuídos conforme determinadas características (ter mais de 50 anos) ou ações (abrir um email).

A forma como se distribuem os contactos pelos vários segmentos deve ser customizável.

5. Workflows

Os workflows, ou fluxos automáticos de gestão e contacto com as leads, são mecanismos que nos permitem automatizar processos. Imprescindível em qualquer plataforma de automação de marketing.

Um exemplo: vamos supor que tem um e-commerce de sapatos de senhora. A sua plataforma de automação de marketing identifica que um contacto (já na sua base de dados, o que significa que tem as suas informações) visita o mesmo produto (sandálias rasas) três vezes no mesmo dia mas não compra. Nas suas campanhas de email já tem preparada uma campanha de 20% em todas as sandálias rasas. Com os workflows é possível enviar esta campanha (via email, pop-up, notificações push, chatbot, formulário) para aquele contacto que se assume como super qualificado.

6. Chatbot

O chatbot é uma funcionalidade de conversação virtual que interage com o utilizador. É construído sob o método de árvore conversacional e incluí todas as possibilidades de resposta que o utilizador possa dar. Os chatbots são a forma mais eficaz de ter uma conversa com o utilizador uma vez que este se sente mais recetivo quando abordado por um, acreditando tratar-se de uma conversa real.

Para as empresas, os chatbots são uma forma de escalar o atendimento e o relacionamento mantendo um tom de comunicação mais pessoal. É normalmente utilizado para geração de leads e para o serviço e apoio ao cliente.

Os chatbots devem estar preparados para integração quer no Website quer no Facebook.

7. Live chat

Não confunda live chat com chatbot. Enquanto que o chatbot é um chat automático, o live chat precisa de interação humana para funcionar. Esta é mais uma funcionalidade utilizada para o apoio ao cliente e que, por isso, deverá estar integrada no software de call center.

8. Criação de formulários

Os formulários, à semelhança dos chatbots, têm como objetivo a geração de leads. Funcionalidade igualmente importante e a ter em conta!

9. Criação de pop-ups

Os pop-ups são caixas de carácter informativo ou publicitário que surgem em overlay nos websites. Esta funcionalidade pode ser utilizada, por exemplo, para aumentar o número de subscrições à sua newsletter.

10. Criação de notificações push

À semelhança dos pop-ups, as notificações push são pequenas caixas informativas que aparecem nos websites e que, para além de poderem ser utilizadas com o intuito de informar, podem funcionar como Call to Action (CTA).

11. Criação de landing pages

Não é uma funcionalidade essencial, digamos que a possibilidade de criação de uma landing page é considerada um nice to have.

12. Análise SEO

A análise SEO é fundamental para otimizar o posicionamento dos websites pois avalia o desempenho das páginas web, landing pages e formulários dando uma pontuação final e fazendo uma análise detalhada de cada técnica SEO utilizada.

Esta funcionalidade integrada numa plataforma de automação de marketing é uma mais-valia caso não tenha uma equipa especializada em SEO.

13. Pesquisa de keywords

Certas plataformas dispõe de uma funcionalidade de pesquisa de keywords. Esta funcionalidade é útil para a otimização do SEO nas páginas web e respetivos componentes (notificações push, pop-ups, etc.).

14. Criação de emails

A existência de uma funcionalidade para a criação e edição de emails é imprescindível quando procuramos uma plataforma de automação de marketing. Afinal, o email continua a fazer parte do dia-a-dia dos utilizadores e não cairá em desuso assim tão facilmente. Avalie os templates disponíveis, a usabilidade e a possibilidade de utilização de HTML.

15. Campanhas de email

O envio de campanhas por email, estratégia digital comummente conhecida como email marketing, é um excelente meio para aumentar o engagement entre marcas e contactos uma vez que, através de uma correta análise de dados, é possível fazer a otimização dessas campanhas. Esta é uma funcionalidade quase que obrigatória para as plataformas de automação de marketing do mercado.

16. Teste A/B

O que são testes A/B? São testes que realizam comparações entre duas (ou mais) variáveis com o objetivo de definir qual gera as melhores respostas. Por exemplo, podemos testar dois formatos de formulário para determinar qual gera a maior taxa de conversão.

Esta é uma funcionalidade importante pois permite otimizar campanhas e gerar melhores resultados.

17. Acompanhamento de visitas no website

Quem visitou ou quantas pessoas visitaram o website? Qual a origem do tráfego? Quem e quantas pessoas preencheram o formulário? Quem e quantas pessoas interagiram com o chatbot? Quantos bounces? Acompanhar as visitas do nosso website deve ser possível.

18. Relatórios

Os relatórios são fundamentais para qualquer estratégia de automação de marketing. Com esta funcionalidade é possível medir resultados de: websites, landing pages, workflows, campanhas de email, formulários, pop-ups, notificações-push, chatbots e quaisquer outras funcionalidades disponibilizadas pela plataforma.

São os relatórios que permitem otimizar campanhas para gerar melhores resultados.

19. Integrações

Pretende integrar outras plataformas ou softwares com a sua plataforma de automação de marketing? Então garanta que existe essa possibilidade.

20. API Calls/Day

API, ou Application Programming Interface, é uma série de funções que podem ser usadas para aceder a determinados recursos de uma plataforma (a sua utilização é limitada – Calls per day).

Esta funcionalidade é essencial caso pretenda integrar uma plataforma ou software externo à plataforma de automação de marketing.

 

Comparação entre as plataformas analisadas

 Legenda:

plataformas-automação-de-marketing

Avaliando a tabela percebemos que, na grande maioria, as plataformas dispõem das mesmas funcionalidades, sendo umas mais completas do que outras e podendo responder de forma mais eficaz às necessidades de cada empresa.

O primeiro passo para escolher qual a plataforma que pode responder melhor às necessidades da sua empresa é definir os seus objetivos de negócio. Definidos os objetivos é necessário traçar uma estratégia e identificar quais as funcionalidades que melhor respondam às ações que compõem essa estratégia.

Posto isto, concluímos que nem sempre a plataforma com mais funcionalidades é a mais adequada.